Visão do idoso

As doenças mais comuns relacionadas ao envelhecimento ocular (glaucoma, degeneração macular relacionada à idade, catarata e retinopatia diabética) produzem anomalias na discriminação das cores AZUL-AMARELO. A iluminação de ambientes ocupados por idosos exige cuidados especiais para que eles desfrutem de conforto e seguranca. As principais mudanças são as seguintes: 1) a visão fica mais turva. Com 80 anos a capacidade de captar as informações e transmiti-las cai em 75% comparado com a visão que temos aos 25 anos .A pupila fica menor e a distância focal aumenta; 2) no olho do idoso o cristalino fica mais denso e absorve mais os azuis, e, assim, ele passa a enxergar mais amarelo; 3) aumenta a sensibilidade a ofuscamento (ele fica menos tolerante a brilhos). Pelas razões acima, um lugar onde vivem idosos precisa de praticamente o dobro de luz que o usual. Essa luz também deve ser mais branca-azulada, com temperatura de cor mais elevada. Deve-se evitar superfícies (tampos ou pisos) brilhantes. Além disso, a luz ideal para o idoso é a indireta -- mais forte e com menos brilho. Como os idosos caminham olhando para baixo, sinalizações e placas devem ficar nessa parte do campo visual. #boavisao #saudeOcular #drqneto#drqueirozneto #drleoncio#prevencaoemoftalmologia #catarata#glaucoma #ceratocone #retina#cirurgiadacatarata #cirurgiadecatarata#glicemia #diabetes #diabetico#cuidadosoculares

#visão #glaucoma #Degeneraçãomacular #retina #visaodoidoso #terceiraidade #catarata #cirurgiadecatarata #Retinopatiadiabética #diabetes

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square