July 25, 2019

Please reload

Posts Recentes

Cresce espera por transplante de córnea

August 7, 2019

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Problemas oculares na 3* idade

Ao envelhecer, é normal que as pessoas precisem redobrar a atenção quanto ao bom funcionamento do organismo, inclusive no que diz respeito à saúde ocular na terceira idade. Afinal de contas, é nessa faixa etária que se concentram os principais problemas nos olhos.

Existem várias doenças que afetam a visão ao longo do processo de envelhecimento - e muitas não têm uma causa aparente, porém, são relacionadas a algumas condições como #cigarro, #diabetes e #hipertensão arterial.

Você sabe quais são os principais problemas de saúde ocular na terceira idade? Então acompanhe nosso post, vamos falar melhor sobre o assunto a seguir. Boa leitura!

;)
.....................................................................................

Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI)
Trata-se da principal causa de cegueira nos idosos. A #DMRIrepresenta a degeneração da #mácula, uma estrutura que fica na parte posterior do globo ocular, a retina.

Essa doença, inicialmente, se apresenta como um embaçamento visual ou distorção dos objetos, evoluindo para uma perda gradual e irreversível da visão.

A melhor forma de evitar a DMRI é a prevenção por meio de um estilo de vida saudável. Para isso, é preciso cortar o tabagismo, promover a prática regular de atividades físicas, controlar o peso e a pressão arterial e proteger-se sempre da radiação solar usando óculos escuros.

#Presbiopia
Conhecida também como vista cansada, a presbiopia é uma perda da acuidade visual para objetos próximos.

É o resultado da acomodação do olho que o impede de focar corretamente. Geralmente, tem início gradual a partir dos 40 anos e se completa aos 60. É resolvida por meio de óculos ou lentes com o grau correto para cada pessoa.

#Catarata
A catarata é a primeira causa de cegueira reversível em número de casos no mundo. Pode surgir em qualquer idade, mas ocorre principalmente acima dos 50 anos. Isso porque, na terceira idade, há uma perda da transparência do cristalino, a lente do olho.

O principal sintoma da catarata é o embaçamento, que progride gradualmente até a perda completa da visão se não for corretamente tratada.

Além das medidas preventivas que já falamos em outro item acima, é recomendável evitar a automedicação, especialmente com remédios anti-inflamatórios e corticoides que podem agravar a doença. O tratamento da catarata é cirúrgico e tem excelentes resultados.

#Glaucoma
Trata-se de uma patologia genética que se manifesta principalmente na terceira idade. É caracterizada pela perda gradual da visão devido ao aumento da pressão intraocular. Se não tratado, o glaucoma pode levar à cegueira de forma irreversível.

Por se tratar de uma condição silenciosa, é indicado fazer a rotina oftalmológica completa em todos os pacientes após os 60 anos uma vez por ano. Caso diagnosticada, existem colírios que controlam a doença reduzindo a pressão do olho.

#Olho Seco
Os sintomas de “olho seco” são mais comuns nas mulheres pós-menopausa devido às alterações hormonais como a queda do estrogênio.

Pacientes que fizeram tratamento com quimioterapia ou radioterapia para o câncer também podem sentir esse sintoma pelas alterações fisiológicas das glândulas lacrimais. O uso de colírios lubrificantes em gotas, pomadas ou gel ajuda a melhorar a queixa de olho seco.

..........................................................................................

Como você pode perceber, existem diversas doenças que afetam a saúde ocular na terceira idade. É importante estar atento a qualquer alteração na visão, na produção de lágrimas ou em outros sintomas envolvendo os olhos, procurando o seu oftalmologista de confiança regularmente para rastreamento.

Para consulta com o Dr. Leôncio, ligue: 19 3232 3227.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga